Haut PDF Variabilidade espacial do número de hastes de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo.

Variabilidade espacial do número de hastes de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo.

Variabilidade espacial do número de hastes de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo.

O comportamento espacial da variável em estudo para o ano de 2005 está representado na figura 5. Percebe-se que há uma maior concentração de hastes produtivas na região inferior da área, que podem ter ocorrido, ao longo do período de avaliação, devido a vários fatores bióticos e abióticos que interferiram na produtividade, como, por exemplo, a metodologia utilizada na poda das plantas ou problemas relacionados à lixiviação de nutrientes devido à declividade do terreno, o que seria confirmado por uma análise química e física do solo detalhada. De posse desse mapa estimado de número de hastes produtivas, torna-se possível acessar e monitorar a atividade agrícola em nível local aumentado a eficiência dos tratos culturais bem como os lucros na cafeicultura, como sugerido por CAMPOS et al. (2005).
En savoir plus

4 En savoir plus

Avaliação de clones de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo pelo método Tocher.

Avaliação de clones de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo pelo método Tocher.

Paulo Sérgio Volpi 2 , Abraão Carlos Verdin Filho 2 e Rodolfo Ferreira de Mendonça 5 Resumo Dado à importância social e econômica da cafeicultura do conilon no Estado do Espírito Santo, o objetivo desse trabalho foi estudar em duas colheitas o comportamento de cinqüenta e cinco clones elites no sul do Estado originados do programa de melhoramento genético do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper. O trabalho foi implantado no delineamento experimental blocos casualizados, com quatro repetições no município de Castelo, ES. As características avaliadas foram a maturação dos frutos (dias), chochamento de grãos (%), produtividade de grãos (sacas/ha) e uniformidade dos grãos. Através do método estatístico de Tocher pode-se verificar comportamentos diferenciados dos clones para as quatro características estudadas. Os resultados são promissores para seleção de clones, objetivando a composição de uma nova variedade de café conilon para o sul do Estado do Espírito Santo.
En savoir plus

4 En savoir plus

Severidade do bicho mineiro em genótipos de café conilon de ciclo tardio selecionados no Norte e no Sul do Estado do Espírito Santo.

Severidade do bicho mineiro em genótipos de café conilon de ciclo tardio selecionados no Norte e no Sul do Estado do Espírito Santo.

delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições e cinco plantas por parcela. Foram avaliados 40 genótipos de maturação tardia, que passaram por um contínuo processo de seleção em duas regiões diferentes, no norte e no sul do Estado. Objetivou-se estudar a severidade do bicho mineiro em genótipos de café conilon de ciclo de maturação tardio, selecionados no norte e no sul do Estado do Espírito Santo. Os 40 genótipos de café conilon de ciclo de maturação tardio apresentam diversidade quanto à severidade do bicho-mineiro. Os genótipos selecionados tanto no norte quanto no sul demonstraram comportamento semelhante, concentraram-se nas classes de menor severidade e de severidade intermediárias.
En savoir plus

4 En savoir plus

Avaliações de clones de café conilon de população de maturação tardia no Sul do Estado do Espírito Santo pelo método de tocher.

Avaliações de clones de café conilon de população de maturação tardia no Sul do Estado do Espírito Santo pelo método de tocher.

Gava Ferrão 3 , Paulo Roberto Cecon 4 , José Luís Tófano 2 , Aymbiré Francisco Almeida da Fonseca 3 , Paulo Sérgio Volpi 2 , Abraão Carlos Verdin Filho 2 , Rodolfo Ferreira de Mendonça 5 Resumo A cafeicultura de Conilon no Espírito Santo é uma das atividades mais importante na geração de renda e emprego no Estado. O objetivo desse trabalho foi estudar em três colheitas (2006, 2007 e 2008) o comportamento de quarenta clones originados de uma população de maturação de grãos tardia do programa de melhoramento genético do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper. O trabalho foi conduzido na Fazenda Experimental de Bananal do Norte/Incaper, Cachoeiro de Itapemirim, ES, e implantado em delineamento experimental blocos casualizados com quatro repetições. As características avaliadas foram maturação dos frutos (dias), chochamento de grãos (%), produtividade de grãos (sacas/ha) e uniformidade dos grãos. Verificaram- se comportamentos diferenciados dos clones nas três colheitas para as quatro características. Os resultados são promissores para seleção de clones, visando à composição de uma nova variedade de café conilon de maturação tardia de frutos para o sul do Estado do Espírito Santo. Maior consistência dos resultados será obtida após a quarta colheita, por intermédio das avaliações dessas e de outras características estudadas.
En savoir plus

4 En savoir plus

Avaliação de clones de café conilon de população de maturação precoce no Sul do Estado do Espírito Santo.

Avaliação de clones de café conilon de população de maturação precoce no Sul do Estado do Espírito Santo.

Paulo Sérgio Volpi 2 , Abraão Carlos Verdin Filho 2 e Rodolfo Ferreira de Mendonça 5 Resumo A cafeicultura do Conilon é de extrema importância no âmbito social e econômico no estado do Espírito Santo, o presente trabalho teve como objetivo estudar, em três colheitas, o comportamento de noventa e quatro clones originados de uma população de maturação de grãos precoce do programa de melhoramento genético do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper. Delineamento em blocos casualizados foi implantado na experimentação do trabalho com quatro repetições. As características avaliadas foram a maturação dos frutos (dias), chochamento de grãos (%) e produtividade de grãos (sacas/ha). Os resultados são promissores para seleção de clones, visando à composição de uma nova variedade de café conilon de maturação precoce de frutos para o sul do Estado. Após a quarta colheita resultados mais consistentes serão obtidos por intermédio dessas e de outras avaliações.
En savoir plus

4 En savoir plus

Avaliação de clones de café conilon de população de maturação intermediária no Sul do Estado do Espírito Santo.

Avaliação de clones de café conilon de população de maturação intermediária no Sul do Estado do Espírito Santo.

Carlos Verdin Filho 2 , Rodolfo Ferreira de Mendonça 5 , Thaís Cristina R Silva 1 Resumo Devido à importância social e econômica da cafeicultura do conilon no Estado do Espírito Santo, o objetivo desse trabalho foi estudar em três colheitas o comportamento de setenta e nove clones originados de uma população de maturação de grãos intermediária do programa de melhoramento genético do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper. O trabalho foi implantado no delineamento experimental blocos casualizados, com quatro repetições. As características avaliadas foram a maturação dos frutos (dias), chochamento de grãos (%) e produtividade de grãos (sacas/ha). Verificaram-se comportamentos diferenciados dos clones para as três características estudadas. Os resultados são promissores para seleção de clones objetivando a composição de uma nova variedade de café conilon de maturação de frutos intermediária para o sul do Estado do Espírito Santo. Maior consistência dos resultados será obtida após a quarta colheita.
En savoir plus

4 En savoir plus

Comportamento de cultivares de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo.

Comportamento de cultivares de café conilon no Sul do Estado do Espírito Santo.

1 Incaper/CRDR-Alegre; <crdralegre@incaper.es.gov.br>; 2 Incaper/CRDR-CS; < crdralegre@incaper.es.gov.br . RESUMO: O objetivo do presente trabalho é recomendar cultivares de café Conilon para o sul do Estado do Espírito Santo. Considerando que os trabalhos de melhoramento da espécie no Incaper abrangeram inicialmente o norte do Estado do Espírito Santo e, com a expansão da área de plantio para o sul, demandas de materiais genéticos adaptados às condições edafoclimáticas ocorreram em grande velocidade, vem sendo conduzido um ‘Ensaio de Avaliação Regional’ na Fazenda Experimental de Bananal do Norte – FEBN, município de Cachoeiro de Itapemirim. Oito materiais genéticos superiores de café Conilon estão sendo avaliados em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições e parcelas formadas de duas fileiras de 12 plantas cada, totalizando 24 plantas, no espaçamento de 2,5 x 1,0 m. Os seguintes caracteres vêm sendo avaliados: rendimento (sc. benef./ha), sementes chochas (número), peso de 100 sementes (gramas), altura e diâmetro da copa (cm), uniformidade de maturação, tamanho e formato da semente, ocorrência de doenças e pragas. Os resultados da colheita efetuada aos 48 meses, em relação à de 36 meses, mostraram redução de 54% no rendimento, aumento de 5,88% de sementes chochas e redução de 21,29% no peso de 100 sementes. Esses resultados são decorrentes da grave seca na safra 2000/2001. Estão sobressaindo as variedades melhoradas experimentais ‘Incaper Exp. 8122’ e ‘Incaper Exp. 8150’ e a variedade clonal EMCAPA 8111.
En savoir plus

5 En savoir plus

Seleção de plantas em lavouras de café conilon no sul do Espírito Santo.

Seleção de plantas em lavouras de café conilon no sul do Espírito Santo.

MATERIAL E MÉTODO O trabalho foi proposto em duas etapas de seleção, uma em nível de lavouras de produtores no Sul do Espírito Santo e outra na Fazenda Experimental de Bananal do Norte – FEBN, pertencente a EMCAPER. A seleção em nível de lavouras foi prevista para ser realizada nas safras 2000 e 2001, em diferentes municípios da região. Para tanto, pesquisadores e extensionistas locais, considerando aspectos como variabilidade existente, solo e altitude, definiram as propriedades a serem inspecionadas. A seleção foi feita na época de maturação, quando a carga de grãos, o seu tamanho e uniformidade de maturação podem ser melhor observada. As plantas de interesse foram identificadas para serem reobservadas no ano seguinte. As plantas que mostrarem bom potencial produtivo e uniformidade de maturação, em dois anos de seleção em nível de propriedades, serão clonadas, conforme metodologia descrita por BRAGANÇA et al. (1995), e passarão a serem avaliados na FEBN, mediante observações, pesagens e medições mais acuradas.
En savoir plus

3 En savoir plus

Desempenho produtivo de clones do Conilon 'Vitória' na região Sul do Estado do Espírito Santo.

Desempenho produtivo de clones do Conilon 'Vitória' na região Sul do Estado do Espírito Santo.

  O café conilon é responsável por cerca de 70% do café produzido no estado do Espírito  Santo, concentrado principalmente na região norte. Sua expansão tem sido incentivada na região  sul; entretanto, testes de adaptação dos matérias genéticos utilizados necessitam ser realizados  em  diferentes  ambientes,  proporcionando  inclusive  oportunidade  para  seleções  regionais  de  clones com melhores adaptações. O objetivo do presente trabalho foi observar o comportamento  produtivo bem como classificar o tipo e a qualidade da bebida dos clones do café conilon ‘Vitória’  no município de Castelo/ES. O trabalho foi conduzido em latossolo vermelho amarelo distrófico,  em área com declividade de cerca de 45%, utilizando‐se os 13 clones componentes do ‘Vitória’,  plantados  em  linha,  no  espaçamento  de  2,8  x  1,2  m,  em  maio  de  2006.  As  adubações  foram  baseadas na análise de solo e padronizadas para todos os clones. Para plantio foram usadas 250 g  de  super  fosfato  simples  na  cova  e  300  g  de  20‐00‐20,  durante  a  formação  da  lavoura.  No  primeiro e segundo anos de produção, adubou‐se com 333 g de 30‐00‐15 por planta. No segundo  ano de produção adubou‐se com 352 g de 25‐00‐10, 300 g de 20.00.10 e 5 g de Sulfato de Zinco. A  lavoura, na implantação e durante a formação, foi irrigada por mangueira, com a água aplicada  diretamente nas covas. Em junho/2008 foi instalada irrigação por aspersão, modelo malha. Em  dezembro/2008 foi realizada uma aplicação de flutriafol (Impact) via solo, na dose de 4,0 l/ha.  Foram avaliadas a produção total, por clone, nas primeira e segunda colheitas (2008 e 2009), o  rendimento de colheita e o tipo e a bebida, na segunda colheita (2009). Foram computadas todas  as despesas de implantação e condução da lavoura, bem como anotado o valor de venda do café  nas duas safras.  
En savoir plus

4 En savoir plus

Susceptibilidade de clones de café Conilon à cochonilha da roseta no Estado do Espírito Santo.

Susceptibilidade de clones de café Conilon à cochonilha da roseta no Estado do Espírito Santo.

O espaçamento utilizado foi de 2,5 x 1 m (4000 plantas/ha), fertiirrigada por gotejamento. Foram utilizadas  quatro repetições. O segundo  experimento foi conduzido na propriedade Mundo Novo, município de  Castelo, região sul do estado, sendo avaliados os clones 5V, 8V, 12V e 13V componentes do clone  Vitória, clone 03 componente da variedade 8111 e o clone 16 componente da variedade 8121 , em  lavoura  implantada  com  clones  em  linha,  em  fevereiro/2005,  contando  com  40  meses  de  idade.  O  espaçamento utilizado foi de 3,0 x 1,5 m (2222 plantas/ha), irrigada por aspersão .  Foram utilizadas cinco  repetições.  Em  nenhuma  das  duas  lavouras  foi  realizada  intervenção  para  controle  nas  plantas  marcadas para monitoramento. Para realização das avaliações, em junho de 2008, quando o café  se encontrava no estágio de grãos maduros, próximos à colheita, foram coletados dez ramos por  parcela, nos quais se realizou a contagem do número total de rosetas e do número de rosetas com  sintoma de ataque da cochonilha.  
En savoir plus

3 En savoir plus

Zoneamento agroclimático para a cultura do café Conilon no Estado do Espírito Santo.

Zoneamento agroclimático para a cultura do café Conilon no Estado do Espírito Santo.

3.3. MODELAGEM EM SIG Segundo Felgueiras (1987), citado em Rocha (2000), o Modelo Numérico de Terreno (MNT), também conhecido como Modelo Digital do Terreno (MDT), é uma representação matemática tratável computacionalmente que representa a distribuição espacial de uma determinada característica (ou variável) vinculada a uma superfície real. Esta variável pode ser de natureza diversa, como temperatura, relevo, vegetação, hidrologia, mineralogia, tipo de solo etc. Os modelos digitais são utilizados para obter informações relevantes da superfície sem a necessidade de trabalhar diretamente na superfície.
En savoir plus

14 En savoir plus

Avaliação de clones elites de café Conilon em condição de estresse hídrico no Estado do Espírito Santo.

Avaliação de clones elites de café Conilon em condição de estresse hídrico no Estado do Espírito Santo.

O Coffea canephora, variedade conilon, trata-se de um cultivar rústico, tolerante a pragas e doenças e adaptada a uma ampla faixa de condições edafoclimáticas tropicais, de baixas altitudes e temperaturas elevadas. Por se tratar de uma planta alógama, o programa de melhoramento pode ser direcionado para criação de variedades sintéticas (reprodução sexuada) ou variedades clonais (reprodução assexuada). A obtenção de variedades por via assexuada reduz a variabilidade genética. Por sua vez, por via sexuada amplia essa variabilidade. Assim, deve-se conduzir os dois processos paralelamente.
En savoir plus

5 En savoir plus

Qualidade do café conilon "vitória&#8223; na região sul do Espírito Santo.

Qualidade do café conilon "vitória&#8223; na região sul do Espírito Santo.

2011 7-20 6-05 5-40 7 5-20 7-05 6-35 7-15 5-25 7 8 ab 8 ab 7-25 7-20 Resultados e conclusões Pelos resultados obtidos, verificou-se diferenças entre o tamanho dos grãos dos clones analisados, sendo que os clones 12V, 2V, 4V, 11V e 13V apresentaram as maiores porcentagens de peneira 16 acima, principalmente no ano de 2009, com 68%, 67%, 63%, 57% e 49%, respectivamente. Nesse ano, obteve-se 37%, em média, de peneira 16 acima. Tal fato se repetiu no ano de 2011, entretanto, com menor intensidade, quando se obteve média de 13%, onde os mesmos clones 11V, 2V, 4V, 12V e 13V foram os que apresentaram maior tamanho de grãos, com 37%, 33%, 29%, 21% e 19%, respectivamente. O safra colhida em 2010 foi caracterizada com veranico no período da granação, o que influenciou o atributo peneira, observando-se que apenas 1% dos grãos atingiram peneira 16 acima, evidenciando a necessidade de manejo eficiente da irrigação nesse período. Os clones de conilon acima referidos, devido ao maior tamanho de seus grãos, despontam com potencial utilização para mistura com café arábica destinado ao café “expresso”. Os clones que apresentaram as menores porcentagens de peneira 16 acima foram o 6V, 7V e 8V. Observou- se que o clone 2V foi o que mais se destacou nas mesas de prova, apresentando bebida suave, isto é, gosto pouco pronunciado de conilon, nos três anos de condução dos trabalhos, seguido dos clones 3V, 4V, 5V, 9V e 13V que apresentaram bebida suave em dois dos três anos analisados. Os clones 6V, 7V e 8V apresentaram bebida média em dois anos de análise sensorial; os clones 11V e 12V mostraram gosto forte de conilon com gostos indesejáveis, caracterizando bebida intensa (quadro 1). A seca constatada no período da granação em 2010 pode ter influenciado a bebida do conilon devido ao aumento no número de defeitos do café. Notou-se que o tipo médio do café caiu da safra 2009 para a 2010, de 6-30 para 8 ab, devido principalmente aos defeitos quebrado, preto verde e ardido, intensificados nessa safra; o número de defeitos totais se elevou em cerca de quatro vezes (quadro 2).
En savoir plus

2 En savoir plus

Infestação de campo da broca-do-café, em café conilon, no Estado do Espírito Santo - Safra 2000/2001.

Infestação de campo da broca-do-café, em café conilon, no Estado do Espírito Santo - Safra 2000/2001.

hampei (Ferrari, 1867), é considerada um dos principais problemas enfrentados pela cafeicultura de conilon nas regiões norte e sul do Espírito Santo. Procurou-se caracterizar a infestação da broca-do-café, em café conilon, visando fornecer subsídios à implantação de um programa estadual de manejo da praga. Em 60 municípios do Estado foram amostrados 30 talhões de café/município, demarcados ao acaso, com cerca de 5.000 plantas. A amostragem foi realizada coletando-se 1.000 frutos por talhão, nos meses de dezembro de 2000/janeiro e fevereiro/março de 2001. Foram considerados infestados os frutos que apresentavam formas vivas da broca ou com as suas sementes atingidas pela praga. Para agrupamento dos dados quanto à incidência da broca, utilizaram-se os índices de 3% e 5% de infestação, recomendados para controle. Os dados obtidos mostraram que a população da broca-do-café, na safra agrícola 2000/2001, se encontrava baixa, evidenciando que as perdas relativas à broca e os defeitos associados à sua ocorrência terão pequena importância na comercialização da safra 00/01. Somente nos municípios de Apiacá, Atílio Vivácqua, Ecoporanga, Mimoso do Sul, Muqui e Vila Velha foram encontradas maiores populações, tendo mais de 50% de talhões com infestação superior à recomendada para controle, mostrando a necessidade de interferência nesses municípios.
En savoir plus

8 En savoir plus

Avaliação de progenies de café robusta no Sul do Espírito Santo.

Avaliação de progenies de café robusta no Sul do Espírito Santo.

X Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil – ISSN: 1984-9249 8 a 11 de outubro de 2019, Vitória – ES A exploração da variabilidade genética da espécie Coffea canephora, por diferentes estratégias de melhoramento, permite a obtenção de variedades clonais, variedades sintéticas e variedades híbridas, bem como o desenvolvimento de populações melhoradas e agronomicamente superiores aos materiais genéticos disponíveis (FERRÃO et al., 2017a). O desenvolvimento de cultivares com maior tolerância aos estresses abióticos e bióticos é prioritário para a cafeicultura, bem como a avaliação de cultivares e progênies de Coffea canephora de diversas origens, como oriundos da hibridação entre grupos de genótipos contrastantes denominados Conilon e Robusta (FERRÃO et al., 2017a). Nesta abordagem, é importante o intercâmbio de genótipos obtidos nos programas de melhoramento do Brasil para serem avaliados conjuntamente em regiões representativas dos Estados produtores da espécie quanto a adaptação, estabilidade, reação a pragas e doenças, qualidade, entre outras características.
En savoir plus

4 En savoir plus

Análise econômica do desempenho produtivo de clones do conilon "Vitória&#8223; na região sul do estado do Espírito Santo : 2006-2011.

Análise econômica do desempenho produtivo de clones do conilon "Vitória&#8223; na região sul do estado do Espírito Santo : 2006-2011.

Quadro 2: Despesas de implantação, condução e receitas brutas de 1hectare de café conilon no município de Castelo, ES, período de 2006 a 2011 Item operacional 2006/2007 2007/2008 2008/2009 2009/2010 2010/2011 Acumulado 2006-2011 Despesa total (R$) 6367,00 4077,00 7269,00 5715,6 3808,95 27237,55

2 En savoir plus

Seleção e avaliação do desempenho produtivo de clones de café conilon na região Sul do Estado do Espírito Santo.

Seleção e avaliação do desempenho produtivo de clones de café conilon na região Sul do Estado do Espírito Santo.

A existência de variabilidade significativa entre os genótipos estudados para a característica produtividade possibilitara a formação de cultivares clonais adequadas ao cultivo nas condições predominantes nessa região. Agradecimentos Os autores expressam seus agradecimentos ao Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café pelo apoio financeiro e pela concessão de bolsas de desenvolvimento. Agradecem ainda ao Dr. Mark Kulig, Pesquisador CNPq/Incaper, pela colaboração na elaboração desse trabalho; ao Dr. José Geraldo Ferreira da Silva, pesquisador do Incaper, pela elaboração das informações climáticas, e, ao técnico agrícola do Incaper, Jose Luíz Tofolli, responsável pela condução dos trabalhos de campo.
En savoir plus

4 En savoir plus

Competição de variedades de café conilon (Coffea canephora) para Região Sul do Estado do Espírito Santo.

Competição de variedades de café conilon (Coffea canephora) para Região Sul do Estado do Espírito Santo.

Genética 474 MATERIAL E MÉTODO A seleção de 500 plantas matrizes, em diversos municípios do Estado do Espírito Santo e Sul da Bahia, deram origem, através da reprodução assexuada (clonagem), a clones que passaram a ser avaliados em ensaios de avaliação regional. O delineamento experimental utilizado é o de blocos casualizados em quatro repetições, com parcelas constituídas de 24 plantas, espaçamento de 2,5 x 1,0m. Estão sendo avaliados 8 tratamentos, compostos de 3 variedades lançadas pela Ex-EMCAPA (EMCAPA 8111 – precoce, EMCAPA 8121 – intermediária, EMCAPA 8131 – tardia), 3 variedades experimentais (EMCAPA EXP. 8112 – precoce, EMCAPA 8122 – intermediária, EMCAPA 8132 – tardia), uma variedade de semente, EMCAPA 8150, oriunda do programa de melhoramento genético da EMCAPER, e um Clone Elite esta como testemunha padrão. Durante a coleta de dados, foram avaliados os seguintes caracteres: uniformidade de maturação, ciclo, tamanho de grão, suscetibilidade as doenças, altura e diâmetro da planta e, na pós-colheita o rendimento (peso de grãos cereja), grãos chocos (nº) e peso de 100 sementes (g). No presente trabalho apresentamos dados obtidos para rendimento. Tratos culturais foram efetuados conforme recomendado para a cultura.
En savoir plus

4 En savoir plus

Utilização de palmáceas produtoras de palmito, para sombreamento de café Conilon, no Estado do Espírito Santo.

Utilização de palmáceas produtoras de palmito, para sombreamento de café Conilon, no Estado do Espírito Santo.

INTRODUÇÃO: As variações dos preços do café alcançados nos últimos anos tem redirecionado a visão do cafeicultor quanto a condição de sua lavoura. Práticas como eliminação de áreas pouco produtivas, poda de produção, uso de mudas clonais em plantios novos e busca de culturas perenes que possam ser consorciados com o café com o objetivo de agregar valores por área, estão sendo experimentados em várias regiões. A prática do sombreamento não tem tido sucesso em algumas regiões do Pais. As principais causas para o insucesso tem sido o desconhecimento do nível de sombreamento adequado para cada região produtora de café no Brasil, as espécies utilizadas para o sombreamento são de baixo valor comercial e muitas vezes exóticas, entre outras. A utilização de espécies de palmáceas, em consórcio com a cultura do café, ainda constituí uma atividade pouco explorada no Estado do Espírito Santo, salvo algumas experiências sem fundamentos científicos. O trabalho teve como objetivo estudar o efeito do sombreamento do palmito pupunha, sobre o desenvolvimento e produção do café Conilon, no Sul do Estado do Espírito Santo
En savoir plus

2 En savoir plus

Caracterização da insfestão de campo da broca-do-café, em café Arábica e Conilon, no Estado do Espírito Santo.

Caracterização da insfestão de campo da broca-do-café, em café Arábica e Conilon, no Estado do Espírito Santo.

canephora permitem a ocorrência de um maior número de gerações da broca. Os fatores climáticos possuem papel decisivo na infestação de broca-do-café (REIS & SOUZA, 1984 e 1986), permitindo que SOUZA & REIS (1995, 1996, 1997, 1998 e 1999) realizassem a previsão de infestação da broca-do-café para a região Sul de Minas, em Minas Gerais, durante vários anos. De forma generalizada, englobando-se as espécies arábica e canephora, estima-se que o estado do Espírito Santo estaria perdendo cerca de R$18,2 milhões, com danos diretos e R$22,0 milhões com perda de qualidade ocasionadas pela broca (De MUNER et al, 2000). Este trabalho teve como objetivo a realização do monitoramento da broca-do-café em todos os municípios produtores de café do estado do Espírito Santo, como forma de gerar subsídios para a construção de um sistema de alerta fitossanitário para as culturas de café arábica e conilon.
En savoir plus

4 En savoir plus

Show all 4673 documents...

Sujets connexes