Consumo de energia

Top PDF Consumo de energia:

Consumo de energia elétrica nas favelas e a transformação de “consumidores em clientes”

Consumo de energia elétrica nas favelas e a transformação de “consumidores em clientes”

Dentro do programa “Comunidade Eficiente”, refrigeradores e lâmpadas foram substituídos sem custos em todas as casas que exprimiram o desejo de participar do programa. No total, cerca de 7 mil lâmpadas fluorescentes, 653 refrigeradores (42% das casas) e 490 chuveiros elétricos foram substituídos (LIGHT, 2010a) no Santa Marta. Além disso, foram criadas equipes para informar os residentes sobre os métodos e vantagens da mudança de hábitos de consumo. O encorajamento da eficiência energética focaliza-se primeiramente na injunção de se reduzir o desperdício. Isso se faz através da promoção da aquisição de aparelhos tecnicamente mais eficazes, o que levaria a uma diminuição do consumo de energia para o mesmo nível de uso. Além dessa vertente técnica, a eficiência energética também é encorajada através de prescrições aos usuários de alterar seus hábitos pessoais diários de consumo de energia por ecogestos: “não deixe a porta da geladeira aberta se não a estiver usando”, “apague a luz quando sair do quarto” etc. O incitamento à mudança de hábito é particularmente forte nas favelas, uma vez que as práticas de consumo de energia dos residentes são frequentemente estigmatizadas e reportadas pela mídia como práticas pelas quais a sociedade como um todo paga o preço, na medida em que o custo das perdas comerciais é parcialmente coberto pela companhia através do aumento das tarifas de energia elétrica para todos os consumidores. Contudo, como reconhece o gerente da relação com os investidores da Light, as favelas do Rio de Janeiro são responsáveis por apenas 40% das perdas comerciais, enquanto o resto é associado à “cidade formal” (FIGO, 2011). De fato, as práticas de desvio da energia elétrica, os famosos “gatos”, não são algo específico às favelas, nem estão diretamente relacionados à pobreza: as classes média e alta, assim como os comerciantes, também usam tal prática para reduzir suas contas de luz (ver YACCOUB, 2010).
En savoir plus

25 En savoir plus

Cartilha sobre o uso adequado de energia elétrica para o povo indígena Ticuna

Cartilha sobre o uso adequado de energia elétrica para o povo indígena Ticuna

Etiqueta do Inmetro. A Etiqueta Nacional de Conservação de Ener- gia (ENCE) é concedida pelo Inmetro para indicar o nível de consumo de energia elétrica de cada aparelho eletrodoméstico. Na etiqueta, são indicadas várias faixas de consumo de energia, que vão da letra “A” (in- dicada pela cor verde) até a letra “G” (cor vermelha, menos eficiente). } Não deixe aparelhos elétricos ligados e lâmpadas acesas se ninguém estiver utilizando. Fazendo assim vai economizar energia e diminuir o valor da conta.

40 En savoir plus

Filetagem de pescado: Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Filetagem de pescado: Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Impermeabilizante: revestimento impermeabilizante, semiflexível, bicomponente, à base de cimentos especiais, aditivos minerais e polímeros aplicado sobre argamassa regularizada de cimento e areia com traço 1:3 (essa especificação serve para paredes e pisos). As paredes hachuradas nas plantas que apresentam a sugestão de arrumação do CCP, que você encontrará no final desse capítulo, devem ser isoladas termicamente de modo que esse isolamento resulte em um coeficiente global de transmissão de calor de 0,028KCal/h.m2.°C. Isso é necessário, uma vez que a área de processamento e de envase/embalagem devem ser climatizadas a 15°C. Esse isolamento térmico evita perdas de calor por dissipação pelas paredes, o que aumentaria bastante o consumo de energia elétrica e a necessidade de superdimensionamento dos evaporadores. O isolamento pode ser alcançado com a aplicação de vermiculita na parte externa da parede da agroindústria. Essa vermiculita é usada como agregado fino, substituindo a areia na etapa da massa grossa de regularização (espessura mínima de 3cm) sobre chapisco prévio. A vermiculita deve ser aplicada no traço 1:6 (cimento CP32:vermiculita). Outra opção, é levantar uma parede dupla com um espaço de 5cm entre a parede interna e a externa, deixando esse espaço aberto na altura do pé-direito, sem necessidade de isolamento térmico já que o ar possui um baixo coeficiente de troca térmica. Essa abertura deve ser fechada por tela de malha de 3mm perfeitamente faceada de modo a evitar a entrada de pragas e sujeiras. Uma terceira opção é confeccionar essa parede com painel termo isolante, constituído por um núcleo de poliestireno expandido (isopainel), com espessura de 200mm, revestido em ambas as faces por chapas de aço galvanizadas de superfícies lisas e pré-pintadas de branco que se aderem permanentemente. Esse material tem resistência a intempéries e salinidade, resultando em uma opção rápida e eficiente de
En savoir plus

79 En savoir plus

Energia solar aplicada aos centros comunitários de produção: Guia para elaboração de projetos

Energia solar aplicada aos centros comunitários de produção: Guia para elaboração de projetos

No Hemisfério Sul, os módulos devem ser direcionados para o norte geográfico ou verdadeiro, que é ligeiramente diferente do norte magnético indicado pela bússola. Com esse direcionamento, os módulos fotovoltaicos conseguem captar mais energia solar durante o dia. A inclinação das placas de captação da energia solar deve procurar maximizar a total energia produzida durante o período mais crítico do ano. Na maior parte do Brasil a maior inclinação dos módulos fotovoltaicos para o norte verdadeiro favorece a produção de energia nos meses de inverno (quando a trajetória aparente do Sol está voltada para o norte e mais baixa em relação ao zênite, e os dias são mais secos e claros), mas prejudica a produção de energia nos meses de verão (quando a trajetória aparente do Sol está mais próxima ao zênite e os dias são mais nublados e chuvosos). Por isso, o ângulo de inclinação dos módulos (para o norte no caso do Hemisfério Sul) em relação à horizontal é função da latitude, das características climáticas da região de instalação e também das características sazonais de consumo de energia elétrica ou calor. Não é recomendável instalar os módulos solares na horizontal, ou com uma inclinação inferior a 5º, considerando a necessidade de limpeza dos módulos e escoamento de água das chuvas, entre outros fatores que podem reduzir a eficiência de captação da radiação solar.
En savoir plus

124 En savoir plus

Fabricação de açúcar mascavo, melado e rapadura : Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Fabricação de açúcar mascavo, melado e rapadura : Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Esses equipamentos devem ser construídos e instalados com os cuidados necessários, de forma a evitar pontos onde pode acontecer o acúmulo de resíduos que levam à contaminação crônica por micróbios. O acúmulo de resíduos leva à formação de microrganismos com extrema resistência a produtos de limpeza e que são de remoção quase impossível. A presença desses microrganismos pode alterar o sabor, a cor e o odor dos produtos e comprometer a segurança de seu consumo. Soldas mal acabadas, furos, ranhuras, partes de difícil acesso para limpeza e/ou não desmontáveis, fundo de tanques abaulados para cima, acabamentos cortantes, caimento inadequado no fundo de tanques, entre outros, criam pontos propícios ao acúmulo de resíduos. De um modo geral, as empresas forne- cedoras desses equipamentos procuram estar atentas a essas questões. Entretanto, durante a cons- trução dos equipamentos, tais defeitos podem acontecer. Nesse caso, é importante que os defeitos sejam registrados no recebimento dos equipamentos, para que os problemas sejam corrigidos pela empresa fabricante, sendo recomendável recorrer à ajuda de especialistas e da assistência técnica do fornecedor (talvez o extensionista rural que atende aos produtores possa ajudar nessa tarefa).
En savoir plus

51 En savoir plus

Fabricação de doces de frutas (geleias, compotas e massas) : Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Fabricação de doces de frutas (geleias, compotas e massas) : Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

V. Equipamentos e Utensílios Necessários Nesse projeto de referência, estão detalhados os equipamentos e os utensílios necessários para o processamento diário de 300Kg de doces de frutas (geleias, compotas e massas). Esses equipamentos devem ser construídos e instalados com os cuidados necessários, de forma a evitar pontos onde pode acontecer o acúmulo de resíduos que levam à contaminação crônica por micróbios. O acúmulo de resíduos leva à formação de microrganismos com extrema resistência a produtos de limpeza e que são de remoção quase impossível. A presença desses microrganismos pode alterar o sabor, a cor e o odor dos produtos e comprometer a segurança de seu consumo. Soldas mal acabadas, furos, ranhuras, partes de difícil acesso para limpeza e/ou não desmontáveis, fundo de tanques abaulados para cima, acabamentos cortantes, caimento inadequado no fundo de tanques, entre outros, criam pontos propícios ao acúmulo de resíduos. De um modo geral, as empresas forne- cedoras desses equipamentos procuram estar atentas a essas questões. Entretanto, durante a cons- trução dos equipamentos, tais defeitos podem acontecer. Nesse caso, é importante que os defeitos sejam registrados no recebimento dos equipamentos, para que os problemas sejam corrigidos pela empresa fabricante, sendo recomendável recorrer à ajuda de especialistas e da assistência técnica do fornecedor (talvez o extensionista rural que atende aos produtores possa ajudar nessa tarefa).
En savoir plus

54 En savoir plus

Resumen de métodos para estimar el consumo de agua en el análisis socio-económico de un territorio de Bosque Modelo

Resumen de métodos para estimar el consumo de agua en el análisis socio-económico de un territorio de Bosque Modelo

Con el enfoque de Análisis de Ciclo de Vida, la estimación considera el consumo de agua de un producto desde su origen hasta distintas etapas del proceso; dependiendo el enfoque puede ser hasta que llega al consumidor o hasta que es desechado. Comparado a la huella hídrica, el ACV es más completo, considera cuestiones como el transporte o el empaque de los productos. Se podría decir que la huella hídrica está contenida en el ACV. Existen softwares como GaBi o Ecoinvent que ayudan a esquematizar el proceso de y algunos cuentan con bases de datos.
En savoir plus

15 En savoir plus

Fabricantes e fornecedores de equipamentos e utensílios: Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Fabricantes e fornecedores de equipamentos e utensílios: Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

7 Maior empresa de energia elétrica da América Latina, a Eletrobras possui negócios nos segmentos de geração, transmissão e distribuição. Presente em todo o país, a Eletrobras implanta o maior programa de inclusão elétrica do mundo, o Luz para Todos . A partir da experiência bem sucedida na gestão desse programa, a empresa percebeu a oportunidade de desenvolver projetos complementares, oferecendo condições para que o homem do campo use a energia elétrica de maneira produtiva. Assim, foram idealizados os Centros Comunitários de Produção (CCPs) , pequenas agroindústrias comunitárias onde os produtores, reunidos em associações ou cooperativas, beneficiam e agregam valor a seus produtos com equipamentos acionados pela energia elétrica.
En savoir plus

75 En savoir plus

Análise de alternativa para a redução do consumo de água na unidade de processamento de frutos do cafeeiro via úmida.

Análise de alternativa para a redução do consumo de água na unidade de processamento de frutos do cafeeiro via úmida.

O reúso consciente e planejado constitui o mais moderno e eficaz instrumento de gestão para garantir a sustentabilidade dos recursos hídricos (HESPANHOL, 2003). Para Soares et al. (2008), é de fundamental importância planejar a reutilização da água objetivando reduzir seu consumo, devendo ser incluídos estruturas e equipamentos de filtragem e decantação de sólidos suspensos, a fim de removê-los, facilitando o reuso da ARC nas UPs. Estudos têm sido desenvolvidos objetivando fornecer informações que contribuam para a redução dos impactos que essa atividade pode desencadear ao meio ambiente e para sua sustentabilidade (MATOS, 2003; BORÉM, 2008).
En savoir plus

8 En savoir plus

Nicotianas litorales del desierto de Atacama: historia de registro y consumo de tabaco cimarrón (Nicotiana solanifolia warp.).

Nicotianas litorales del desierto de Atacama: historia de registro y consumo de tabaco cimarrón (Nicotiana solanifolia warp.).

79 NICOTIANAS LITORALES DEL DESIERTO DE ATACAMA: HISTORIA DE REGISTRO Y CONSUMO… / B. BALLESTER, C. CARRASCO Y AGRUPACIÓN CAMINANTES DEL DESIERTO Análisis de microrrestos botánicos y quími- cos de los residuos del interior de las cuatro pipas mostraron que todas fueron utilizadas para calcinar sustancias orgánicas y vegetales (Carrasco et al. 2015). Almidones y fitolitos identificados en los residuos mostraban claros daños asociados a actividades de calcinación y exposición al fuego. Se logró distinguir restos de poaceas, Manihot esculenta (yuca) y Nicotiana sp., mientras que por medio del método químico se corroboró la presencia de esta última especie debido al resultado positivo de Nicotina en dos de las cuatro pipas del cementerio. Complementariamente se sometió a análisis químicos muestras del pelo del individuo 4 del cementerio, uno de los que tenía asociado un par de pipas, arrojando señales positivas del consumo de nicotina antes de su fallecimiento.
En savoir plus

26 En savoir plus

Consumo e desempenho de novilhas em pastagem recebendo suplementos com diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen.

Consumo e desempenho de novilhas em pastagem recebendo suplementos com diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen.

O experimento teve duração de 92 dias, divididos em três períodos, compreendendo os meses de março, abril e maio de 2001, nos quais foram feitas as repetições das avaliações de consumo, pesagem e ajustes da carga animal, conforme pré-estabelecido. Durante os últimos 15 dias de cada período de 30 dias, foram realizadas as coletas, para determinação do consumo. O período de adaptação foi de nove e o de coleta de extrusas e fezes, de seis dias. No período de coleta, foram fornecidos aos animais-teste, 10 g de óxido crômico (5 g pela manhã e à tarde) como indicador externo, via oral, embalados em cartuchos de papel. Durante os seis dias finais, as amostras de fezes foram coletadas diretamente do reto de cada animal, às 8 e 16 h, e submetidas à pré-secagem em estufa de ventilação forçada por 72 a 96 h e 60 ± 5°C. Após pré-seca, uma parte das amostras fecais indivi- duais foram trituradas em moinho tipo Willey com peneira com crivo de 5 mm (ensaio de degradabilidade) e outra parte, em moinho com peneira de 1 mm (determinação da composição centesimal). As amos- tras foram compostas tomando-se massas iguais por animal e tratamento, sendo, então, armazenadas ade- quadamente, para análises subseqüentes.
En savoir plus

10 En savoir plus

Coprodutos do cacau e do maracujá e indicadores de consumo e digestibilidade aparente em dietas para novilhas leiteiras.

Coprodutos do cacau e do maracujá e indicadores de consumo e digestibilidade aparente em dietas para novilhas leiteiras.

O consumo médio de matéria orgânica (CMO) independente da forma em que foi expresso, não apresentou diferença significativa (P>0,05) entre os tratamentos, com valor de consumo diário expresso em UTM, de 89,44 g/UTM. Não houve diferença (P<0,05) no consumo médio de proteína bruta (CPB) das dietas com inclusão crescente de coproduto do cacau (0,79 Kg/dia). Entretanto, todas apresentaram resultados inferiores ao recomendado pelo NRC (2001) para esta categoria animal (0,95Kg/dia). Segundo Van Soest (1994), os coprodutos geralmente não contribuem com proteína, podendo a presença de ligninas em excesso indisponibilizar a pouca proteína existente e limitar o consumo de matéria seca. Ressalta-se que a dieta controle também não atingiu o ideal estabelecido pelo NRC, portanto os valores apresentados de CPB podem estar associados à dieta e não a substituição do feno de capim Tifton 85 pelo coproduto do cacau. Destaca-se também a ausência de efeito dos níveis de coproduto do cacau sobre o consumo de MS e ao fato de as dietas serem isonitrogenadas.
En savoir plus

120 En savoir plus

en
                                                                    pt

en pt Weight gain, feed consumption and histology of organs from piglets fed rations containing low levels of fumonisin B1 Ganho de peso, consumo de ração e histologia de órgãos de leitões alimentados com rações contendo baixos níveis de fumonisina B1

ção, durante 28 dias, sobre o ganho de peso, consumo de ração, peso relativo de órgãos e aspectos histológicos do baço, fígado, pulmões, rins e coração. Vinte e quatro leitões foram distribuídos em 4 grupos experimentais e alimen- tados com rações contendo 0mg (controle), 3,0mg, 6,0mg ou 9,0mg FB 1 /kg de ração. As diferentes dietas não afeta- ram (P>0,05) o ganho de peso e nem o peso relativo dos órgãos analisados. Não foram constatadas lesões macros- cópicas ou histopatológicas no baço, fígado, rins e coração. No entanto, foram observadas lesões histopatológicas nos pulmões de todos os suínos alimentados com rações con- taminadas com fumonisinas, indicando que nenhum dos níveis de FB 1 usados no experimento poderia ser conside- rado como seguro para suínos. São necessários novos estu- dos sobre os mecanismos de ação tóxica da FB 1 em suínos, sobretudo em condições de exposição prolongada a baixos níveis de contaminação na ração.
En savoir plus

5 En savoir plus

Estudo do consumo de água do cafeeiro em fase de produção, irrigado por pivô central, na região Norte do Espírito Santo e Extremo Sul da Bahia.

Estudo do consumo de água do cafeeiro em fase de produção, irrigado por pivô central, na região Norte do Espírito Santo e Extremo Sul da Bahia.

Os resultados obtidos, nas condições em que os trabalhos foram conduzidos, possibilitaram as seguintes conclusões: a evapotranspiração da cultura do café irrigado por pivô central, em fase de produção, variou de 0,6 a 1,0 mm/dia no período de menor demanda e de 4,5 a 4,8 mm/dia no período de maior demanda; e o consumo de água anual do cafeeiro, na região em questão, variou de 870,1 a 1011,7 mm.

8 En savoir plus

Racionalização do uso da energia elétrica em um sistema de irrigação localizada utilizada na cultura do mamoeiro na região Norte do Espírito Santo.

Racionalização do uso da energia elétrica em um sistema de irrigação localizada utilizada na cultura do mamoeiro na região Norte do Espírito Santo.

CONCLUSÃO Avaliada a proposta de racionalização do uso de energia elétrica para o equipamento de irrigação do tipo microaspersão, a substituição proposta do motor padrão em uso por um motor de alto rendimento adequado às condições de carga, pode ser uma alternativa viável para redução nos gastos com energia elétrica, e atrativas para o empresário agrícola no intuito de reduzir seus custos de produção.

4 En savoir plus

Avaliação do modelo NRC para predição do consumo de matéria seca por vacas leiteiras manejadas em pastagens tropicais.

Avaliação do modelo NRC para predição do consumo de matéria seca por vacas leiteiras manejadas em pastagens tropicais.

consequentemente, sobre o valor energético dos alimentos, obtendo a energia digestível produtiva (ED produtiva ). O valor da energia metabolizável (EM) seria, então, calculado pelas equações, a partir da ED produtiva e a energia líquida (EL), a partir da EM. Assim, quando o valor de NDT ou a ED são conhecidos, todas as outras expressões de energia podem ser calculadas, usando-se equações apropriadas – o que vem destacar a importância de equações que estimam essas variáveis do NRC (2001), pois a realização de testes de digestão para todos os alimentos e todas as dietas teria alto custo.
En savoir plus

49 En savoir plus

Polos de produção de energia, alimento e cidadania : conceito e aplicação em políticas públicas

Polos de produção de energia, alimento e cidadania : conceito e aplicação em políticas públicas

madeireiro e em usinas de beneficiamento de arroz”, Projeto PNUD e MME, Executor NIPE/UNICA MP, 2005. No cenário mais positivo, com uma configuração de turbinas e caldeiras que permitem gerar vapor a 82 bar e 480°C e com uma remuneração pela energia produzida acima das expectativas de mercado a médio prazo, o valor agregado ao bagaço resulta em R$ 41/t. Nas simulações de produção das rações, o custo do bagaço considerado foi R$ 40/t. Portanto, o destino do bagaço para ração ani- mal foi considerado economicamente favorável em relação à cogeração, mesmo levando em conta cenários ótimos para a geração energética pela adoção de altíssima tecnologia – não disponível nas usinas atualmente – e preços de mer- cado muito favoráveis para a energia elétrica. Na atual situação das usinas e do mercado de energia elétrica para cogeração, é enorme a vantagem de preço de venda do bagaço para a ração.
En savoir plus

108 En savoir plus

Fabricação de queijos e doce de leite : Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Fabricação de queijos e doce de leite : Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

7 Maior empresa de energia elétrica da América Latina, a Eletrobras possui negócios nos segmentos de geração, transmissão e distribuição. Presente em todo o país, a Eletrobras implanta o maior programa de inclusão elétrica do mundo, o Luz para Todos . A partir da experiência bem sucedida na gestão desse programa, a empresa percebeu a oportunidade de desenvolver projetos complementares, oferecendo condições para que o homem do campo use a energia elétrica de maneira produtiva. Assim, foram idealizados os Centros Comunitários de Produção (CCPs) , pequenas agroindústrias comunitárias onde os produtores, reunidos em associações ou cooperativas, beneficiam e agregam valor a seus produtos com equipamentos acionados pela energia elétrica.
En savoir plus

57 En savoir plus

Processamento de mel: Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

Processamento de mel: Uso produtivo e eficiente da energia elétrica

7 Maior empresa de energia elétrica da América Latina, a Eletrobras possui negócios nos segmentos de geração, transmissão e distribuição. Presente em todo o país, a Eletrobras implanta o maior programa de inclusão elétrica do mundo, o Luz para Todos . A partir da experiência bem sucedida na gestão desse programa, a empresa percebeu a oportunidade de desenvolver projetos complementares, oferecendo condições para que o homem do campo use a energia elétrica de maneira produtiva. Assim, foram idealizados os Centros Comunitários de Produção (CCPs) , pequenas agroindústrias comunitárias onde os produtores, reunidos em associações ou cooperativas, beneficiam e agregam valor a seus produtos com equipamentos acionados pela energia elétrica.
En savoir plus

49 En savoir plus

Energia solar no Espírito Santo : tecnologias, aplicações e oportunidades.

Energia solar no Espírito Santo : tecnologias, aplicações e oportunidades.

N um mundo cada vez mais sedento de energia, um dos nossos maiores desafios é identificar fontes capazes de suprir as necessidades atuais de con- sumo dos seres humanos, sem comprometer a qualidade de vida, a segurança e a própria sobrevivência das próxi- mas gerações. A consciência de que os recursos naturais, em sua maioria, não são infinitos, tem levado os países do mundo inteiro a buscar soluções alternativas, que garan- tam uma exploração planejada, confiável e de baixo custo e, ao mesmo tempo, uma convivência não destrutiva com os recursos do planeta. Afinal, o desenvolvimento econô- mico de estados e regiões depende hoje, mais que nunca, da identificação e correta exploração de recursos que per- mitam a produção de energia limpa, a partir de fontes re- nováveis. Por isso, nos últimos anos, os investimentos em pesquisas nesse campo cresceram muito e têm apresenta- do excelentes resultados.
En savoir plus

120 En savoir plus

Show all 32 documents...